“O desafio da produtividade: O que o Brasil tem que fazer para crescer mais?” foi o tema da última palestra do segundo dia (24) da IV Convenção do Sistema CFA/CRAs,   em Foz do Iguaçu,

Todos os gargalos do Brasil foram enumerados na apresentação. O palestrante falou da importância do tema gestão hoje no país e o comparou com os demais desenvolvidos e mostrou que uma má gestão pode afundar ou vetar o crescimento de uma nação.

“O Brasil hoje, mais do que nunca, precisa de uma gestão qualificada, seja pelos seus desafios macroeconômicos, pelas dificuldades acumuladas, enfim. Essa péssima estrutura na saúde, na educação, nas estradas, tudo isso é culpa de uma gestão falha. E esse é um tema que vai dominar a política”, explicou o economista.

Ricardo Amorim falou também sobre educação, que, segundo ele, é a peça chave para alavancar a evolução do Brasil; sobre índices de desemprego e migração para o Brasil:

“Nunca aconteceu, em toda a história, o desenvolvimento sólido de um país sem uma educação de qualidade. Com o Brasil não será diferente. Enquanto o investimento na educação não for uma prioridade, o país não vai prosperar”, afirmou, completando ainda que os incentivos ao trabalho devem ser mais presentes:

“O índice de desemprego anda baixo porque as pessoas não estão procurando trabalho. Os programas sociais devem ser reavaliados e melhorados. O Brasil está cedendo espaço que deveria ser voltado aos seus profissionais, para pessoas de fora, já que nos países do exterior o desemprego também está alto”, elucidou Ricardo Amorim.

Para o economista, os Administradores são os grandes profissionais que irão mudar o quadro do Brasil:

“Vocês, Administradores, têm um imenso papel no desenvolvimento da sociedade. Nessa palestra mostrei as falhas do país, o que foi um incentivo ao pessimismo. Mas foi nas marés ruins que diversas nações deram a volta por cima. E acredito que essa reviravolta vai partir dos que estão presentes aqui hoje”, concluiu Amorim.

A palestra não foi transmitida ao vivo pela TV e pela Rádio CRA-RJ por motivos contratuais do convidado, mas após a apresentação, Ricardo cedeu uma entrevista exclusiva para os meios de comunicação do Conselho.

IV Convenção - Terceira Palestra 009 IV Convenção - Terceira Palestra 012 IV Convenção - Terceira Palestra 021 IV Convenção - Terceira Palestra 025 IV Convenção - Terceira Palestra 005