Agripino Nazareth

A justiça do trabalho na Itália e na Alemanha, antes e após o advento do fascismo e do nazismo.
– Crítica de Ranelletti Eutimio e de Ferrucio Pergolesi ao Juízo Arbitral.
– Corporativismo integral e puro e corporativismo subordinado.
– A constituição de Weimar.
– A empresa como base de organização econômica do nazismo.
– Conselhos de confiança, comissariado do trabalho e tribunais de honra social.

Ler versão Digital