Entrar ou se Cadastrar

EMS Serviços Marítimos Adm. Pública Navegação R$500,00 - R$4.000,00

Rua Álvares de Azevedo, 83 apto 402, Icaraí

Nome: Edson Moreira da Silva

§  Técnico em Administração – CRA-RJ 41-01119 (qualificado para realização de serviços autônomos na área de transporte aquaviário);

§  Militar da reserva da Marinha do Brasil (30 anos de bons serviços prestados); e

§  Capitão Amador, instrutor de navegação amadora, credenciado pela autoridade marítima (Capitania dos Portos).

Estado Civil: Casado

Contatos: e-mail: [email protected]

Qualificado para prestar serviços autônomos ligados à Diretoria de Portos e Costas, Capitania dos Portos e Tribunal Marítimo:

1) Sistema de Identificação e Acompanhamento de Navios a Longa Distância (LRIT)

Preparação documental, visando a adesão ao sistema LRIT, para os seguintes tipos de embarcações:

a) navios de passageiros, inclusive embarcações de passageiros de alta velocidade;

b) navios de carga, inclusive embarcações de alta velocidade, com AB superior ou igual a 300; e

c) unidades móveis de perfuração “off-shore” (MODU).

a) Serviços administrativos até a conclusão do processo (ativação do sistema LRIT):

– Providenciar junto ao Proprietário ∕Armador todas as documentações para elaboração do processo;

– Encaminhar o processo de adesão ao sistema LRIT para o ASP reconhecido pela DPC;

– Acompanhar junto ao ASP a vistoria LRIT inicial a bordo da embarcação;

– Acompanhar a bordo da embarcação, o teste de conformidade remoto visando a emissão do Relatório de Teste de Conformidade (Conformance Test Report – CTR), emitido pelo ASP (Provedor de Serviço Autorizado);

– Acompanhar o cadastro da embarcação e a ativação do serviço LRIT junto ao ASP;

– Informar ao Armador/Proprietário da embarcação sobre o andamento/ou a conclusão do processo; e

– As despesas (passagens e hospedagens) referente ao translado  até a embarcação, quando necessário, será por conta do contratante.

Experiência adquirida na DPC:

– Auxiliar Técnico de Vistoriador do Sistema LRIT.

2) Navios e Plataformas Marítimas

Preparação documental e operacional do helideque, visando a vistoria de conformidade realizada pela Diretoria de Portos e Costas (DPC), para certificação operacional (pouso e decolagem de helicópteros).

a) Serviços administrativo e técnicos operacionais até a conclusão do processo (autorização da ANAC para pouso e decolagem de helicópteros abordo):

– Providenciar junto ao Proprietário ∕Armador todas as documentações para elaboração do processo;

– Encaminhar o processo para a Autoridade Marítima (DPC);

– Providenciar a inspeção no helideque, a ser realizada pela comitiva de vistoriadores da DPC;

– Relatar para o Comandante e o Proprietário ∕Armador as possíveis irregularidades notificadas;

– Comunicar à DPC o cumprimento dos itens notificados, para retirada das exigências no helideque;

– Acompanhar junto a DPC a emissão do certificado de homologação do helideque;

– Informar ao Proprietário ∕Armador quando da liberação do helideque para operações aéreas, pela ANAC;

– Realizar pré-vistoria, visando sanar possíveis irregularidades técnicas existentes no helideque;

– Acompanhar a vistoria no helideque a ser realizada pela comitiva da DPC;

– Solucionar junto à embarcação todos os itens notificados pós vistoria da DPC; e

– As despesas (passagens e hospedagens) referente ao translado  até a embarcação, quando necessário, será por conta do contratante.

Experiência adquirida na DPC:

– Auxiliar Técnico de Vistoriador de Helideques em Embarcações e Plataformas Marítimas.

3) Obtenção de autorização da Autoridade Marítima para operação de Embarcações Estrangeiros em AJB

Obtenção da autorização da autoridade marítima (Diretoria de Portos e Costas-DPC), para operar em Águas Jurisdicionais Brasileira-AJB na atividade ou serviço pretendido pelo Proprietário ∕ou Armador.

a) Serviços administrativos até a conclusão do processo (autorização da Marinha para o início das operações em águas AJB):

– Providenciar junto ao Proprietário ∕Armador todas as documentações para elaboração do processo;

– Encaminhar o processo para DPC para a obtenção da autorização do Diretor de Portos e Costas;

– Providenciar a inspeção na embarcação, a ser realizada pelo Port State Control-PSC da Capitania;

– Acompanhar a emissão da Declaração de Conformidade e do Atestado de Inscrição Temporária-AIT;

– Informar ao Armador/Proprietário da embarcação sobre o andamento/ou a conclusão do processo; e

– As despesas (passagens e hospedagens) referente ao translado  até a embarcação, quando necessário, será por conta do contratante.

Experiência adquirida na DPC:

– Auxiliar Administrativo (analista de processos de embarcações estrangeiras para operar em AJB).

4) Aulas preparatória para prova teórica à categoria de Mestre Amador até o término da carga horária citada abaixo:

As aulas serão ministradas pelo Capitão amador, instrutor de Navegação Amadora, credenciado pela Autoridade Marítima (Capitania dos Portos).

– Aulas teóricas sobre o conteúdo programático para prova;

– Carga Horária de 16 horas;

– Local das aulas teóricas, a combinar entre o instrutor e aluno; e

– As despesas (passagens e hospedagens) referente ao translado  até o local de ensino, quando necessário, será por conta do contratante.

5) Registro Contínuo de Dados-RCD para embarcações de bandeira brasileira:

Obtenção do RCD para embarcações não sujeitas a registro no Tribunal Marítimo-TM.

– Providenciar junto ao Proprietário ∕Armador todas as documentações para elaboração do processo;

– Encaminhar o processo para DPC para emissão do RCD;

– Informar ao Armador/Proprietário da embarcação sobre o andamento/ou a conclusão do processo; e

– As despesas (passagens e hospedagens) referente ao translado  até a embarcação, quando necessário, será por conta do contratante.

Experiência adquirida na Synergy Offshore (Empresa de Agenciamento Marítimo):

– Assistente de Operações Marítimas.

6) Treinamento com barreira de contenção de óleo:

Obtenção da autorização da Capitania dos Portos para a realização do treinamento.

– Providenciar junto ao Proprietário ∕Armador todas as documentações para elaboração do processo;

– Encaminhar o processo para Capitania dos Portos;

– Informar ao Armador/Proprietário da embarcação sobre o andamento/ou a conclusão do processo; e

– As despesas (passagens e hospedagens) referente ao translado  até a embarcação, quando necessário, será por conta do contratante.

Experiência adquirida na Synergy Offshore (Empresa de Agenciamento Marítimo):

– Assistente de Operações Marítimas.

a) Experiências adquiridas e praticadas na Marinha do Brasil:

– Instrutor no centro de instrução da Marinha;

– Liderança de grupo de trabalho;

– Primeiros socorros;

– Combate a incêndio; e

– Controle de avarias em embarcações.

b) Cursos extra Marinha, realizado na Fundação de Estudos do Mar (FEMAR)

– Técnico em transporte marítimo;

– Acréscimos, faltas e avarias de carga;

– Contêiner;

– Documentos de Shipping;

– Transporte marítimo;

– Comércio marítimo;

– Despacho aduaneiro;

– Introdução ao ISPS CODE; e

– Siscarga.

– Curso básico de eletricidade (SENAI).

Adicione uma avaliação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Serviços
Custo-benefício
Localização
Cordialidade

Anúncio Verificado

Sou militar da reserva da Marinha do Brasil; Técnico em Transporte Aquaviário; Capitão Amador; e Instrutor de Navegação Amadora.

Por favor para ver os detalhes do contato.

Mensagem ao Anunciante

    Tipo de contato preferencial para retorno