O filósofo francês Sébastien Charles foi o responsável por abrir o ciclo de palestras do XIV Fórum Internacional de Administração. O palestrante falou sobre como é possível administrar as complexidades que surgiram até o ano de 2015.

Sébastien Charles (1)Sébastien abordou questões que envolvem as organizações diante de um cenário conflituoso e de que maneira elas podem oferecer melhores condições de trabalho para seus empregados.

“O paradoxo que se vive é que quanto maior o lazer alcançado,   ilustrou o Sébastien Charles.

Todas as crises e incertezas que o mundo globalizado impõe nas organizações refletem de maneira negativa nos seus empregados que dia após dia se tornam mais desmotivados nos seus lugares de trabalho.

Sébastien Charles (2)“Trabalhar não é um prazer, mas uma obrigação. O nome vem do latim trepalium, que era um instrumento de tortura. Por isso, o Administrador enfrenta o desafio de fazer outra pessoa trabalhar”, ressaltou o filósofo.

Dessa forma tanto as organizações quanto seus empregados agem de maneiras distintas para suprir suas necessidades num mundo que oferece desigualdades, fragmentação e fundamentalismos.