Após solicitação do CRA-RJ, o Conselho Federal de Administração incluirá o nome social de travestis, transexuais e transgêneros na CIP nacional. O Conselho fluminense foi o primeiro no Sistema CFA/CRAs a adotar a medida.

Link Facebook inclusão do nome social de travestis

Com isso, todos os outros regionais também poderão atender os pedidos de profissionais e estudantes para que sua identificação reflita adequadamente a sua opção, o que corrobora o Decreto nº 8.727, de 28 de abril de 2016, que dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis e transexuais no âmbito da administração pública federal direta, autárquica e fundacional.

O presidente do CRA-RJ, Adm. Wagner Siqueira, já reafirmou sua defesa à garantia da dignidade profissional e civil das pessoas vinculadas ao Conselho.

Para ler a matéria na íntegra sobre o uso do nome social para travestis, transexuais e transgêneros no CRA-RJ clique aqui.