O CRA-RJ recebeu representantes dos Conselhos Regionais de Administração da Paraíba (CRA-PB) e do Distrito Federal (CRA-DF), na segunda quinzena de novembro. Do CRA-PB, vieram a Adm. Jeane Tenório, Verônica Figueiredo, Angélica Ramos e Sandra Castilho. Já do CRA-DF, vieram a presidente Adm. Mônica Cova e o coordenador geral Adm. Valter Fernando Oliveira de Freitas. Ambos conheceram as infraestruturas física e tecnológica do CRA-RJ com o objetivo de importar as práticas do Conselho fluminense para seus respectivos regionais.

Para a Adm. Jeane Tenório, fiscal do CRA-PB, a tecnologia implantada no CRA-RJ é uma realidade desejada em qualquer conselho profissional, principalmente no Sistema CFA/CRAs. A Administradora ainda ressalta que explicará à diretoria do CRA-PB a necessidade de se aplicação das práticas do Conselho fluminense no CRA paraibano.

visita-tecnica-cra-pb-2“A tecnologia associada à fiscalização vai ajudar muito na integração dos regionais, agilizando os processos administrativos em todos os estados. Por exemplo, eu posso fiscalizar uma empresa registrada no CRA do Rio de Janeiro, que atua na Paraíba sem ser registrada no CRA-PB, apenas com o cruzamento de dados. Espero que este sistema do CRA-RJ englobe todo o país”, declarou Tenório.

Verônica Figueiredo, do setor de registro do CRA-PB, acredita que a integração de setores também é um caminho fundamental para uma fiscalização mais eficiente e, consequentemente, para o aumento de registros de pessoas físicas e jurídicas.

“Muitas vezes, eu registro uma pessoa que já foi fiscalizada e recebeu auto de infração, mas não tem como eu saber desse fato porque não existe integração entre os setores. Por isso, eu estou encantada com o sistema daqui. Ele é completo. Eu acredito que é um sonho para o Regional da Paraíba, mas não é impossível. Espero que seja implantado logo em todo o Sistema CFA/CRAs”, disse.

A presidente do CRA-DF Adm. Mônica Cova também não esconde a admiração pelo vanguardismo do CRA-RJ. Ela acredita que ‘todos têm que conhecer o CRA do Rio’ para agregação conhecimento.

visita-tecnica-cra-df“Eu sou embandeirada com o Rio de Janeiro porque eu vejo que aqui tem um sistema eficiente compromissado com os Administradores, de verdade. Além disso é focado na sua responsabilidade, que seria registro e fiscalização”, disse a presidente.

Cova ainda explica que a visita ao CRA-RJ contribui com a incorporação de tecnologias e boas práticas no CRA-DF, o que é muito bom, pois ela quer deixar um Conselho bem estruturado para a próxima gestão em seu Estado.

A visita técnica guiada abrangeu todos os andares do CRA-RJ, com explicações teóricas e práticas, fornecidas pelos profissionais atuantes em cada uma das áreas, bem como os resultados obtidos ao longo dos anos.