noticia_dia do desafio `1Celebrados por reunirem os principais atletas do mundo e propagar a confraternização entre diversos povos, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos também costumam ser fonte de histórias de superação, de determinação e de sucesso que servem de inspiração para milhões de pessoas. E justamente essa riqueza de elementos que compõem o esporte será uma das diretrizes da 42ª edição do RH-RIO, maior Congresso de Gestão de Pessoas do estado do Rio de Janeiro, organizado pela Associação Brasileira de Recursos Humanos e que acontecerá nos dias 17 e 18 de maio, no Centro de Convenções SulAmérica.

Entre os palestrantes con?rmados estão a diretora de RH da GE, Jaqueline Tibau, diretora de RH da Natura, Fátima Rossetto, diretora de RH do Google, Monica Santos, a professora da Universidade Federal Fluminense Lívia Barbosa, o professor da Fundação Dom Cabral Paulo Vicente dos Santos Alves, entre outros.

A proposta do Comitê Temático é levar a visão do esporte para o mundo corporativo, ambiente onde também ocorrem sucessos, fracassos, emoções, crescimentos e adversidades. Dessa forma, o Congresso pretende motivar líderes e gestores de pessoas, em especial os pro?ssionais de RH, para uma atitude otimista e positiva. Na avaliação do Comitê, a história dos Jogos está carregada de ensinamentos que podem e devem ser aplicados nas empresas.

– Os valores olímpicos da amizade, do respeito e da excelência e os valores paralímpicos da determinação, da coragem, da igualdade e da inspiração, nos quais baseamos a construção deste Congresso, estarão presentes nos diversos temas e  s que terão por objetivo gerar re?exões e provocações, nos levando a repensar nossas práticas e buscar insights para a ação em momentos difíceis e adversos como o atual – revela a diretora de Gestão do Congresso, Jaqueline Arruda.

O presidente da ABRH-RJ, Paulo Sardinha, observa que há mais paralelos que podem ser feitos entre o que torna um atleta campeão e o que faz uma organização alcançar seus objetivos.

– Não são apenas a motivação e a vontade que tornam um atleta vencedor. É a dedicação ao treinamento e à constante busca do aperfeiçoamento que o faz estar preparado para lidar com as di?culdades e imprevistos – pontua Sardinha, que alerta que as empresas devem fazer planejamentos de como agir em momentos de crise.

– Nesse sentido, aqueles que também estão preparados para enfrentar situações adversas vão conseguir aproveitar as oportunidades que surgirão e sair com uma vantagem competitiva após o ?m da turbulência – avalia o presidente da ABRH-RJ.

Porém, Jaqueline reconhece que não é uma tarefa fácil manter os colaboradores motivados e engajados, principalmente devido ao atual momento econômico, que trouxe mais trabalho e responsabilidades para as áreas de RH.

Por isso, pretendemos que o RH-RIO inspire os pro?ssionais de RH, gerando a motivação necessária para engajar as pessoas na superação dos atuais desa?os – a?rma.

FEIRA DE RH

Paralelamente ao Congresso, também já é tradição a realização da Expo RH-RIO, feira de Recursos Humanos e Gestão que reúne dezenas de empresas que apresentam o que há de mais atual em serviços e produtos para RH. A feira se consolidou como um excelente canal de relacionamento para prospecção de novos clientes. Apenas em 2015, por exemplo, mais de 2.500 pro?ssionais de RH visitaram a Expo RH-RIO.

Fonte: ABRH-RJ