O Administrador João Luis Pinheiro concedeu entrevista à Rádio CRA-RJ sobre sua tese de doutorado em Política Social. O tema escolhido para ser trabalhado foi “Silêncios da diversidade na formação dos Administradores”,   que aborda as exclusões ocorridas na graduação em Administração e discute o papel de cada ator envolvido no processo.

De acordo com o Administrador,     a intenção de escrever sobre tal assunto surgiu quando ele começou a perceber que a maioria dos graduandos e profissionais da área é homem, branco, brasileiro, com idade entre 20 e 50 anos, heterossexual, sem deficiências físicas, entre outras características. Com essa percepção, João Luis explicou que o seu objetivo é provocar a discussão entre docentes e discentes sobre esta realidade vivida, mas negada muitas vezes, de que apenas um determinado perfil tem acesso ao ensino superior.

Pinheiro ainda argumentou que é necessário implantar uma disciplina que leve à reflexão e à busca por soluções mais diretas na grade curricular da Administração.

“É mais fácil trabalhar com os mesmos grupos de sempre, deixando os outros de fora, do que desenvolver meios para inserir todas as diversidades em um mesmo contexto. Às vezes a discriminação não se dá de forma explícita, ao invés disso, se demonstra na forma de critérios de seleção, por exemplo,” argumentou Pinheiro.

Ouça a entrevista completa na Rádio CRA-RJ.

IMG_9553 IMG_9578 IMG_9579