Na manhã desta terça-feira (10/12),   o Administrador Marcelo Pereira Marujo,   esteve na sede do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro para ministrar o evento “Estudando com o autor: ‘Empreendedorismo e sustentabilidade: responsabilidades às emergentes demandas socioambientais’”, título de seu último livro lançado.

O Administrador palestrou sobre o conteúdo de sua obra, ressaltando que falar de sustentabilidade é ratificar a responsabilidade que temos diante da sociedade como um todo, principalmente em relação ao meio ambiente.

Marujo falou sobre o empreendedor sustentável, afirmando que este precisa compreender que ações sustentáveis são desenvolvidas a partir de uma reflexão universal e globalizada.

“Precisamos pensar uma condição de ser e estar no mundo, reconhecendo que somos reféns da tecnologia e temos que enxergá-la e empreendê-la como aliada. Com planejamento e investimento, nesse aspecto, podemos então empreender”, alertou o palestrante.

Segundo ele, os Administradores ainda têm uma visão limitada sobre as várias faces sustentáveis.

“Alguns gestores ficam muito presos a conceitos básicos como sustentabilidade ambiental e social. Mas o conceito vai muito além. No livro, por exemplo, eu agrego também a cultura sustentável, o que inclui a educação. Não se pode realizar nenhum projeto sem a educação, ela é a essência de todas as discussões”, ensinou Marujo.

Ainda sobre o mundo globalizado, em um dos capítulos de sua obra, o Administrador elucida a importância de saber negociar como base para ser um empreendedor. “A prática da negociação é condição básica para empreender, pois ela dá previsibilidade e provisiona os trâmites em um mercado globalizado. O primeiro passo é negociar consigo próprio. Devemos negociar conosco como podemos estar evoluindo a todo instante”, explicou o palestrante.

Marujo também relevou a sabedoria na área de logística, associando-a a métodos de pesquisa. “Na área da Administração, um empreendedor não consegue hoje concretizar um projeto sem consistentes estratégias de logística, e para se chegar a essas estratégias, buscar incessantemente variados métodos de pesquisa e aplicação são fundamentais”, reforçou.

Por fim, o Administrador falou sobre governança e o aspecto socioambiental da sustentabilidade.

“Quando agregada à sustentabilidade, a governança alcança resultados muito positivos, como o desenvolvimento local, pois a busca pela dignidade da comunidade passa por questões empreendedoras sustentáveis. Assim como também o planejamento empreendedor socioambiental está estritamente conectado com um melhor futuro para novas gerações e para a sociedade atual”, concluiu Marujo.

IMG_1114 IMG_1117 IMG_1119 IMG_1128 IMG_1131 IMG_1132 IMG_1136 IMG_1140 IMG_1145