Ambiente no qual o ser humano passou a interagir com novas relações de trabalho graças à utilização da tecnologia, as empresas transformaram as ações e comportamentos da sociedade. Através dos anos, a transformação e a evolução desse ambiente continuou a influenciar o comportamento do homem, que passou a discutir a sua relação direta com o trabalho e as consequências em seu dia a dia.

Sendo assim, o painel “A Condição Humana na Organização Contemporânea”, apresentado pelo professor associado da Fundação Dom Cabral, Sigmar Malvezzi, no X Encad, e tendo como presidente de mesa a presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-Nacional), Leyla Nacimento, debate as ações que influenciam e transformam a relação entre os profissionais e as empresas, buscando demonstrar a necessidade de criar um equilíbrio entre trabalho, avanços tecnológicos e convívio social.

Para Sigmar Malvezzi, o homem não consegue mais sobreviver enquanto sociedade sem a presença das empresas, muito devido a produção em massa que gera para sustentar os 7 bilhões de habitantes do planeta, o que não conseguiríamos realizar sem tecnologia. Ainda assim, esses excessos produtivos acabam por serem subaproveitados.

20161005_151150“Nós vivemos hoje em um mundo que é em si mesmo paradoxal. Mesmo a humanidade possuindo tantas recursos e tanta tecnologia, nunca foi tão difícil viver como nesse contexto no qual temos tudo”, afirmou o professor.

Observando o lado social do tema, Leyla Nascimento valorizou as pessoas que conseguem balancear os lados profissional e social, administrando de forma mais produtiva a própria vida.

img_20161005_152652“Não há mais o espaço de trabalho. Hoje vida e trabalho caminham juntos. As organizações estão passando por grandes mudanças, fruto de uma sociedade em transformação, o que impacta diretamente nos gestores e administradores. A condição humana nas organizações requer de todos nós uma reflexão de como estamos e para onde vamos”, enfatizou a presidente da ABRH.

Ao fim da palestra, Sigmar Malvezzi e Leyla Nascimento responderam as perguntas dos presentes com relação ao tema abordado, onde enfatizaram a importância de transformar informação em conhecimento.